O Mineirão Atacarejo chega em Itajubá

1/1
Please reload

Destaque

É possível vender fiado com segurança?

 

 

Vender fiado, ou seja, passar um produto ao cliente na esperança que ele será pago no futuro, é uma prática muito comum em pequenos negócios, principalmente em comunidades do interior, mas também é bastante arriscada. Essa é uma transação baseada integralmente na confiança e na boa fé do seu público, portanto, algumas vezes pode resultar em prejuízo para o seu estabelecimento.

 

Vender fiado: vale a pena?

 

Se vender fiado é tão arriscado quanto dizemos, por que isso ainda é tão comum? Na verdade, essa prática já é tradicional na cultura brasileira, e mostra que o comerciante confia e tem uma boa relação com seus clientes. Além disso, pode ser utilizada a seu favor se trabalhada como um diferencial em relação a seus concorrentes.

O fiado pode dar tão certo que ele foi até apropriado pelas grandes corporações e bancos e recebeu o nome de “cartão de crédito”. Pois é! Você já pensou que ambos seguem a mesma lógica? Os dois são baseados na ideia de que o cliente ou o usuário do cartão pagarão pela compra em breve, e não no momento exato da transação, como é o usual.

Apesar dessas vantagens, a prática deve ser realizada com cautela e com todos as devidas precauções para que você não saia lesado. Por isso, separamos algumas dicas sobre como vender fiado com segurança. Confira!

 

Venda fiado somente para clientes de confiança

 

Como já foi mencionado anteriormente, vendas fiado devem ser feitas apenas para clientes antigos e fiéis do estabelecimento. Normalmente, esses clientes já moram no bairro ou nos arredores do comércio e são conhecidos pessoais do dono.

Quando se é próximo do consumidor, também será possível cobrar, quando necessário, sem peso na consciência. A iniciativa de realizar cobranças é essencial para que a prática do “fiado” dê certo e para reduzir os riscos de inadimplência.

 

Exija dados, documentação e formas de contato

 

É fundamental que você tenha todas as informações sobre o cliente para o qual o produto foi vendido fiado. Exigir o endereço, documento de identidade e CPF do comprador dará um ar de oficialidade e controle à transação. Além disso, somente o fato de você ter em mãos as informações mais importantes do cliente, fará com que uma possível inadimplência por parte dele se torne inviável.

Para arquivar esses dados é melhor que seja utilizado um sistema de gestão ou o próprio Google Drive. Hoje, as tradicionais cadernetas, por si só, não são o suficiente. Nelas, as informações podem se perder, serem rasgadas, além de estarem muito vulneráveis à ação do fogo e da água. Através de uma planilha em seu computador, você pode reunir nomes, valores, dados e telefones de contato em apenas um local, otimizando o processo, além de ser um armazenamento bem mais seguro.

 

Use convênios e cartões fidelidade

 

Para negócios maiores que desejam continuar vendendo fiado para seus clientes, talvez a solução seja estabelecer convênios e criar cartões fidelidade. Esses métodos também permitem que todos os dados do cliente sejam centralizados em um único canal e, além disso, delimita quem tem prioridade nas compras fiado.

 

Ofereça descontos para pagamentos à vista

 

Mas, e se o comerciante estiver cansado de vender fiado e quiser parar com esse tipo de transação em seu estabelecimento? Caso você não deseje proibir por completo a venda fiado, você pode criar táticas para dificultar a prática ou para disseminar a compra à vista entre seu público.

Para que o seu cliente opte pelo pagamento no ato da compra, ele precisa ver vantagem nisso. Então, o que acha de promover descontos para pagamentos à vista? Isso trará vantagem para ambas as partes: o consumidor pagará mais barato e você terá a segurança de receber o pagamento no momento da transação, sem precisar de se preocupar com futuros furos no caixa.

 

E então? Você conseguiu decidir se vale a pena ou não vender fiado em seu estabelecimento? Se você tiver chegado à conclusão que sim, vale a pena, esperamos que tenha entendido os riscos da prática e como fazer para minimizá-los. 

Quer ter acesso a outros conteúdos como este? Então corre nas nossas redes sociais e segue a gente!

 

Share on Facebook
Please reload

Categorias
Please reload

Copyright © 2017 DMA Distribuidora S/A. Todos os direitos reservados

  • Facebook - Mineirão Atacarejo
  • Instagram - Mineirão Atacarejo