Educação financeira: dicas para sair do vermelho

A educação financeira vem sendo difundida em todo mundo como peça importante na formação de jovens adultos. Apesar da relevância, nem sempre a prática do planejamento financeiro é adotada de forma preventiva. Aliás, é muito comum que as pessoas procurem a resolução dos seus problemas financeiros somente após se encontrarem no vermelho.



Pensando nisso, este post é para você que pretende adotar prática de educação financeira na sua vida pessoal ou na sua pequena empresa. Afinal, planejamento, contenção de gastos, análise e economia são pontos essenciais para o sucesso de qualquer negócio, inclusive se este negócio for a manutenção do seu lar. Leia o nosso post completo e descubra dicas que te ajudarão a não entrar, ou, a sair do vermelho.



Educação significa, sobretudo, aprender a enxergar as coisas de forma diferente


Entender que todo tipo de educação parte da ideia de aprendizado e mudança pessoal é essencial para o início dessa jornada. Aqui neste post você encontrará dicas valiosas de educação financeira, entretanto, elas serão apenas um ponto de partida na sua caminhada em busca de segurança econômica. Outro ponto é que, a aplicação das nossas dicas são um exercício diário de mudanças de hábito e adaptação à sua realidade. Fuja de dicas “milagrosas” mas que não condizem com a sua fonte de renda e, principalmente, busque compreender quais erros são os mais comuns na sua jornada. Assim, fica fácil identificar o que precisa mudar e quais atitudes precisam ser tomadas de imediato.


Antes de começar, analise sua situação atual


O país e o mundo passam por um momento de desaceleração da economia. Isso significa que, no geral, as coisas ficaram ligeiramente mais caras e, além disso, o desemprego pode ser um problema para uma parcela da população. Esses fatores, quando nos atingem diretamente, certamente dificultam o fechamento das contas no final do mês. A análise da sua situação é essencial pois permite que você esteja pronto para reagir à economia mundial. Por exemplo, se você é pequeno empresário, ter uma verba de reserva, mesmo que mínima, para liquidação de algumas dívidas futuras, é uma forma de assegurar a permanência do seu comércio.



Mas, se você já estiver no vermelho, a análise deve partir da ideia de que gastos desnecessários devem ser cortados imediatamente. Coloque em uma planilha as saídas e entradas mensais, ou seja, o tanto de dinheiro que você ganha e o tanto de dinheiro que você gasta com as contas fixas. Este será o ponto de partida para a sua reeducação financeira.


Faça o possível para quitar dívidas antigas


Caso você se encontre em uma situação onde as dívidas já estão se acumulando, respire, e tente cortar gastos de acordo com a tabela que você fez no tópico anterior. Exclua supérfluos e tente economizar ao máximo nas contas fixas. Negocie dívidas com bancos e cartões de crédito. Lembre-se de parcelar a dívida de modo que você consiga pagá-la com a sua renda mensal. É importante não ceder à tentação de pegar empréstimos ou pagar contas com outros cartões de crédito. Os juros para essas condições são altíssimos e o preço a ser pago no futuro pode ser ainda maior.


Outra dica válida é tentar incrementar sua renda mensal com uma renda extra. Claro que essa dica só é válida quando você tem um tempinho extra na sua rotina para se dedicar em outras atividades. Vender picolés de fruta, revender produtos, roupas, artesanato, lanches ou explorar uma habilidade de forma saudável e que te possibilite ganhar um extra pode ser um jeito criativo de sair do vermelho.


Algumas outras dicas de educação financeira para não perder de vista…



O nosso post é um incentivo para que você se dedique em ter sua vida financeira mais estável e segura. Porém, nada te impede de procurar um pouco mais a respeito de investimentos, dicas de economia práticas e, sobretudo, a utilizar a tecnologia ao seu favor.


Na internet você encontra diversos materiais para se aprofundar no assunto. Um exemplo é o canal da Nath Finanças. Com linguagem descomplicada, a YouTuber dá dicas de economia doméstica, pessoal, empresarial, investimentos e mais, para você organizar suas finanças de forma prática e aplicável à sua realidade :)




Ah, e não se esqueça: as melhores ofertas em supermercado você encontra no Mineirão Atacarejo! Passe em uma de nossas lojas e confirme.



Destaque
Categorias