Dicas para diminuir a taxa de triglicérides no seu corpo


Ao fazer exames de rotina, muitas pessoas se preocupam quando a taxa de colesterol total está alta. A preocupação é certa, entretanto, outro lipídio que merece atenção são os triglicérides. É fato que a gordura é elemento importante da nossa dieta, indispensável para a manutenção e reserva de energia. Entretanto, o consumo excessivo de gorduras geram taxas muito altas de triglicérides, colesterol, entre outros lipídios, e podem ser extremamente prejudiciais, causando aterosclerose (acúmulo de gordura nas artérias, o que pode gerar um infarto ou AVC), aumento da pressão arterial, esteatose hepática (gordura no fígado) e pancreatite.


Pensando no equilíbrio entre consumo e abuso visando uma melhoria da qualidade de vida daqueles que possuem altas taxas de triglicérides no sangue, fizemos este post. Siga as nossas dicas e obtenha uma melhora na sua saúde.


Diminua o consumo de açúcares


Pode parecer estranho, afinal, estamos falando aqui sobre uma alta taxa de colesterol, entretanto, o consumo excessivo de açúcares são responsáveis por um aumento considerável dos níveis de colesterol no sangue. Isso porque, o açúcar que não é utilizado pelas células do corpo, ou seja, o açúcar sobressalente, acaba sendo acumulado no sangue sob a forma de triglicerídeos, um tipo de gordura.


Por isso, no seu dia a dia, dê preferência a bebidas naturais e com baixo teor de açúcar, como sucos naturais, água ou água de coco. Evite refrigerantes e sucos industrializados, já que esses possuem uma quantidade de adoçantes superior a quantidade recomendada. Além disso, é possível se acostumar com um cafezinho menos adoçado e são exatamente essas pequenas mudanças de hábitos que fazem uma grande diferença na sua saúde a longo prazo.


Aumente o consumo de fibras





As fibras, presentes em alimentos como frutas, verduras, pães integrais, frutos secos como damasco, uva passas e cereais, são importantíssimas no combate às altas taxas de triglicérides. Isso porque elas atuam diretamente na absorção de gorduras e açúcares no intestino, ajudando a reduzir os níveis desses componentes no sangue.


Reduza também a ingestão de carboidratos


Assim como o açúcar, qualquer outro tipo de carboidrato também é transformado em triglicerídeos quando não é utilizado pelas células do organismo. Isso porque o triglicérides é uma espécie de reserva energética do nosso organismo, assim, tudo que é consumido e que não é utilizado, vira esse tipo de gordura.


Dessa forma, seguir uma dieta low-carb, ou seja, com baixo teor de carboidratos tem demonstrado bons resultados para diminuir os níveis elevados de triglicerídeos no sangue. São exemplos de carboidratos: arroz, farinha, massas, batata, pães, entre outros.


Faça pelo menos 30 minutos de atividade física diariamente





Como foi dito anteriormente, os triglicérides são as reservas de energia do nosso corpo, dessa forma, nada melhor do que a atividade física regular para queimar essa energia sobressalente. A atividade física regular não precisa ser desgastante e de alta performance. Caminhadas regulares são suficientes, caso você ainda não tenha hábito, e podem ser encaixadas mesmo em rotinas em que o tempo é curto. Além disso, a atividade física também contribui para a diminuição da ansiedade, que é atrelada ao aumento de taxas de “colesterol ruim” uma vez que a ansiedade é um fator que agrava o consumo de alimentos ricos em açúcares e gorduras.


Consuma alimentos ricos em Ômega 3





O ômega 3 é um tipo de gordura saudável que ajuda a manter a saúde cardiovascular e que, segundo alguns estudos, parece ajudar a reduzir os níveis de triglicerídeos no sangue, principalmente quando se faz 2 refeições ricas nesta gordura por semana.


As principais fontes de ômega 3 são os peixes gordos, como o atum, o salmão ou a sardinha, mas também pode ser encontrado nas nozes, sementes de chia e na linhaça, por exemplo. Além disso, é possível fazer a suplementação de ômega 3 através de vitaminas receitadas sob orientação de um médico ou nutricionista.



Viu, só? Com pequenas mudanças é possível obter uma melhora considerável das taxas de triglicerídeos no sangue. Repense hábitos e aumente sua qualidade de vida!


Destaque